Marcos de desenvolvimento, aprendendo sobre seu bebê mês a mês

Há determinadas ações que os bebês irão realizar conforme o período de vida, essas ações são chamadas de marcos de desenvolvimento  que englobam áreas do desenvolvimento motor, emocional, cognitivo, social e da linguagem. Cada habilidade adquirida depende de desenvolvimento anteriores, é sequencial e quase imperceptível até que determinado dia abracadabra e o bebê está levantando a cabeça, sorrindo, sentando e por aí vai…

desenvolvimento bebê
Clarice começou a engatinhar com 8 meses

 

Sempre fiquei muito atenta a Clarice e procurei criar um ambiente de oportunidades e estímulos para ela se desenvolver da melhor forma. Nossa principal intenção na formação da Clari é para a vida, na formação de um individuo capaz de enfrentar as “durezas” da vida e desfrutar de tudo de bom que a vida nos dá.

Não fico o dia todo programando atividades e ocupando a bebê, treinando e estimulando. Acredito que a criança deve ser estimulada sim, mas acima de tudo precisamos respeitar o tempo da criança. É necessário ela tenha tempo para praticar aquilo que aprendeu, tempo para observar a sua volta, tempo para contemplar a si e aos outros. Tempo para organizar seu pensamento. Tempo para fazer nada, o tal ócio criativo de Domenico de Masi.

Aqui em casa não estamos em uma competição, nem numa corrida frenética de quem chega primeiro ao “sucesso”. Às vezes me sinto em uma competição de qual bebê chega primeiro nos marcos de desenvolvimento. Meu bebê já sorri, meu bebê já gira, já engatinha, anda, fala… sabemos que é normal compararmos e até inevitável. Mas, não devemos dar muita importância à isso. Cada bebê é único e tem seu próprio jeito de ser, de se desenvolver e se expressar

Quando falo sobre dar oportunidade de se desenvolver, quero dizer que tento criar um ambiente favorável com afeto, estímulos, liberdade e autonomia. Principalmente sem pressa para brincar, comer, dormir, crescer. Temos uma rotina e eu sendo adulta organizo o dia, as atividades para que tudo possa fluir da melhor forma. Aliás, a rotina é essencial, uma vez que o hábito diário diminui a ansiedade da criança.

Me baseio nos marcos de desenvolvimento para acompanhar se a Clarice está se desenvolvendo adequadamente, estes marcos podem acontecer antes ou depois de um determinado período considerado normal. Precisamos considerar que o desenvolvimento também depende do ambiente familiar, da personalidade da criança e da genética.

A luz vermelha só deve ser acesa caso esses marcos excedam demais o período considerado normal para se desenvolver e as competências anteriores não estejam acontecendo.

Por exemplo, a Clarice só começou a sorrir socialmente entre o quarto e quinto mês. E o período que dizem ser normal para acontecer, é entre o primeiro e terceiro mês. Fiquei preocupada sim, mas não arranquei os cabelos por causa disso, pois haviam outros fatores envolvidos. A Clarice sofreu com cólicas até o quinto mês, muita cólica! Sendo difícil sorrir com dores, né? Ela já havia dado o primeiro sorriso, mas mesmo assim era muito difícil sorrir. Aguardamos, pois ela tinha aptidões para sorrir como atenção, olho no olho, expressões faciais. Justamente quando as cólicas começaram a ir embora ela começou a sorrir. E hoje não para mais de mostrar a banguelice.

Os marcos de desenvolvimento servem para nos dar parâmetros, mas não é regra que precisam acontecer na data estipulada como normal. O desenvolvimento é uma sucessão de competências atingidas, é sequencial, o bebê pode não ter chego no marco mas está a caminho, e é isso que é importante.  Cada bebê tem seu tempo, seu próprio ritmo e sempre é necessário observar os fatores sociais, neurológicos, psíquicos e genéticos. Não é porque “fulano” faz que seu filho também deve fazer. Considere a personalidade do seu filho e o contexto em que vive.

Quando devo ficar atenta? Quando o bebê não estiver atingindo mais de uma habilidade dentro do prazo máximo de normalidade e as competências necessárias também não se desenvolveram. Sempre comunique o pediatra sobre como está o desenvolvimento e sobre qualquer anormalidade. É importante a avaliação de um pediatra.

Eu sempre fui muito ansiosa para que a Clarice atingisse os marcos de desenvolvimento, e vou te dizer o que aprendi, não dá certo. A criança tem seu tempo, e isso é muito mais forte do que nossa vontade. A palavra é tempo! Dê tempo para seu filho se desenvolver, dedique tempo para seu filho. E principalmente demonstre afeto e carinho, é o fundamental para o desenvolvimento saudável.

Quer saber quais são os marcos de desenvolvimento?

Veja abaixo a tabela.

Desenvolvimento do bebê mês a mês
Marcos de desenvolvimento

Comments

  1. josi says:

    Sabe to aprendendo muita coisa com você filha! Sabe que o dia a dia corrido, trabalho de casa, ou mesmo fora.Deixamos de observar cada fase desta do bebê. Confesso que na minha época não observei tudo isto . Mas também tive dois bebês e o tempo foi curto pra mim.Passei a ver tudo isto na filha caçula, tinha mais tempo e tive duas ajudantes mirins que a todo tempo vinham me contar o que a bebe fazia de diferente.Agora com Clarice a vida nos deu esta oportunidade de estar presente e ver o seu crescimento cada dia.E cada dia uma nova Clarice.

    1. Que lindo! É um presente ter vocês por perto.

  2. Mery Ellen says:

    Excelente texto Nat! Aqui o Lucas é meio ligeiro, apressado demais nos marcos de desenvolvimento… mas não gosto de comparações, são desagradáveis… a única coisa q eu comparo é o peso dele é uma bola comparado aos outros bebês q conheço! O resto é cada um no seu tempo! Beijos em vc e na Clari

Deixe um comentário