Dicas para escolher a cadeirinha do carro para bebês

Como escolher a cadeirinha do carro?

Recentemente, uma notícia me chamou a atenção. Em um acidente de trânsito que deixou o carro completamente destruído, com uma aparência que você diz que ninguém sobreviveu a aquele acidente. Incrivelmente, duas crianças sobreviveram graças ao uso da cadeirinha de segurança.

Uma criança de 2 anos e outra de 6 semanas saíram ilesas, pois estavam protegidas usando corretamente  este item de segurança essencial: a cadeirinha do carroVeja a noticia aqui.

Mesmo que seus filhos  chorem, gritem, não queiram usar cinto de segurança e sentar na cadeirinha, você DEVE prender as crianças. Isso é um ato de amor. A vida dos seus filhos é uma só.

Segundo o site Criança segura, o acidente de trânsito é a maior causa de mortes acidentais de crianças entre 1 a 14 anos.

Conforme a legislação brasileira, até os 10 anos as crianças devem ser transportadas no banco traseiro do carro usando cinto de segurança em todos os momentos, e até os 7 anos e meio precisam usar bebê conforto, cadeirinha  ou assento de elevação conforme a faixa etária. Mesmos se você for até a esquina é necessário usar proteção, a maior parte dos acidentes acontecem próximos ao local de destino ou em vias calmas.

Quais são as regras para uso da cadeirinha?

  • Bebês até um 1 ano de idade devem ser transportados no banco traseiro no bebê conforto e de costas.
  • Bebês entre 1  a 4 anos devem ficar na cadeirinha presa com cinto de segurança no banco traseiro.
  • Crianças com idade entre 4 e 7 anos e meio, deve ser utilizado um assento de elevação no banco traseiro
  • Crianças entre 7 anos e meio e 10 anos devem utilizar apenas o cinto de segurança no banco de trás.

Saiba um pouco mais sobre a importância do uso da cadeirinha:

A cadeirinha de carro aqui de casa

Aqui em casa escolhemos usar o bebê conforto da marca Chicco quando a Clarice nasceu, o bebê conforto fazia parte do carrinho de bebê e para nós facilitou muito o uso!

Encaixar e desencaixar bebê não é fácil, então optamos por um modelo que já tiramos a criança do carro com ele e encaixar o bebê conforto no carrinho.

Quando a Clarice completou 1 ano procurei por várias marcas de cadeirinha, e todas quando atingisse determinado peso ou tamanho precisaria ser trocada para o assento.

Procurei no mercado uma cadeirinha que fosse completa, e não precisasse ser trocada no futuro. Além de ser segura.  Escolhemos a cadeirinha da marca Graco, o nosso modelo é a graco 4Ever.

Este modelo não vende ainda no Brasil, importamos pelo site Amazon. Este modelo de cadeirinha acompanha o bebê desde recém nascido até os 10 anos de idade ou até 55 kg. Inclusive pode ser usado como bebê conforto. A cadeirinha se transforma em cada fase da vida da criança.

O que mais gostei na cadeirinha é que é reforçada, possui uma estrutura resistente e é lavável. Ela vem com o dispositivo isofix, que pode ser preso ao carro facilmente. Meu carro, não possui isofix, mas consegui prender com o cinto de segurança de forma muito segura.

A cadeirinha possui porta copos, cinto de segurança de 5 pontas e 10 ajustes de altura na cabeça e 6 posições de inclinação. A Clarice está com 1 ano e 5 meses, uso na inclinação 4 e quando ela dorme coloco na inclinação 3 e pode ficar confortável dormindo.

O que fazer quando o bebê chora no bebê conforto?

Hoje em dia a Clarice anda de carro sem chorar e, inclusive, adora ficar sentada na cadeirinha. Mas, nem sempre foi assim quando a Clarice tinha de 4 a 6 meses, ela chorava muito para ficar no bebê conforto. Era desesperador uma criança chorando por 30 minutos dentro do carro. Me fazia perder a concentração dirigindo.

Mas, algumas atitudes nossas ajudaram a Clarice a se acostumar a andar na cadeirinha,  aos poucos o choro foi diminuindo  e conseguimos superar mais essa fase. Segue  algumas  dicas abaixo e quem sabe pode te ajudar também:

Dicas para o bebê não chorar na cadeirinha:

 Mantenha uma frequência do uso do bebê conforto, se você usar esporadicamente a criança não se acostumará a ficar no local. Eu costumava deixar o bebê conforto em casa, e sempre colocava a Clari sentadinha  para se ambientar.

 Quando for colocar a criança no bebê conforto, esteja calma, confiante e brinque com seu bebê para que seja um momento divertido.

Deixe brinquedos diferentes dentro do carro, crianças adoram objetos diferentes.

Faça o uso do espelho retrovisor de cadeirinha para se comunicar com o bebê, converse com ele pelo espelho.

Cante músicas com o bebê dentro do carro. Muitas vezes, ao cantar músicas a Clarice se divertia e o momento que antes era de stress virou de diversão.

Suporte para tablet ou dvd portátil. Sim, quando vamos percorrer longos trechos ou viagens fazemos o uso de tablets com filmes e músicas selecionados que ajudam no momento do choro ou para dormir. Mas, use com prudência e deixe para momentos emergências.

De maneira alguma tire a criança do bebê conforto quando estiver chorando. Ela entenderá que você irá tirar sempre que ela chorar. Acalme a criança para retirar da proteção.

Planeje os passeios de carro para os momentos de soneca, assim o bebê dorme no carro. Evite os horários de mamada.

Coloque uma roupa confortável, a criança transpira muito dentro do bebê conforto.

 Use telas para proteger do sol. Muitas crianças odeiam o sol no rosto. Até nós, não é?

Brinque com a criança  de fechar o cinto de segurança.

Use e a abuse da paciência. Mas, de forma alguma ande com seu bebê fora do bebê conforto.

Essas são as dicas aqui de casa, espero que possam te ajudar!

Deixe um comentário