Atividades Montessori para você se inspirar

Muitas mães que leram o post sobre Montessori me questionaram sobre  como adaptei a nossa casa e quais atividades faço com a Clari no dia a dia. Como disse, não sigo 100% o método Montessori, eu pratico inspirações Montessori  porque também me familiarizo com outras teorias, como a construtivista e ainda estou aprendendo a aplicar o método na vida prática.

Vou filtrando aquilo que acho bom pra nós, e o que não estiver dando certo vamos mudando. Importante é não se tornar escrava de determinada prática ou teoria só porque dizem que é bom. Cada um sabe o que é melhor para sua casa. Não existe um melhor método ou uma melhor pedagogia para todos. Existe o que funciona melhor para cada criança e família.

Na prática desenvolvo algumas atividades sensoriais (exploração dos 5 sentidos),  conforme o período sensível, (interesse e disponibilidade em aprender/adquirir determinadas habilidades/conhecimentos) que de 0 a 1 ano seria o movimento, a linguagem e a atenção aos pequenos detalhes, além de atividades de interação com pessoas e crianças que promovam a ampliação daquilo que ela já sabe.

Não pensem que faço uma agenda lotada de atividades para minha filha ou um treinamento, tipo de ramster, pelo contrário. Deixo a Clarice livre e vamos fazendo algumas atividades dirigidas conforme a disposição dela e a minha rotina. Tento respeitar ao máximo o tempo dela, aproveitar o ócio para brincar livremente e se não estiver disposta não fazemos.

Toda interação que fazemos com o bebê é importante,  precisamos pensar em como estamos fazendo e o que o bebê está absorvendo da nossa atitude. Por exemplo, tudo que vamos fazer, seja trocar fralda, mamar, ou até mesmo a hora do banho é narrado antecipadamente com o que iremos fazer. É uma forma de dar previsibilidade para a Clari. Mesmo que não entenda ainda o que falamos, o bebê vai se tranquilizando com a nossa voz e posteriormente associando palavras a ações.

Em casa, tento manter uma rotina para que a Clari consiga ter certa autonomia e saiba o que esperar após cada ação e horário. Saímos da rotina? Simmmm, é claro! Mas tento manter algumas ações “chave”, como os horários das sonecas e o banho, para manter o equilíbrio. Quando não tínhamos rotina a Clari era um bebê irritado e para nós deu certo estabelecer rotina.

Atividades dirigidas normalmente fazemos no período da tarde, entre os horários das 16h até às 19h, pois observando a Clari notamos que é o horário que ela mais tem interesse em brincar, se mover, interagir e que está de bom humor. Faço uma atividade nova a cada 3 ou 4 dias, repito a mesma atividade se houver grande interesse nos dias seguintes  ou alternados. Algumas atividades deixam a Clarice muito agitada e ela sempre quer mamar para se acalmar e se tranquilizar. E antes que me perguntem, deixo ela mamar em livre demanda e sim, aqui peito é calmante.

Todas as semanas vou postar uma atividade diferente e seus objetivos para que vocês possam acompanhar.

Atividades Montessori
Cesto dos Tesouros

A primeira atividade, aquela que acho mais simples de praticar em casa desde que o bebê começa a se sentar, é o Cesto dos Tesouros. Crianças adoram descobrir o mundo ao seu redor e essa atividade estimula os 5 sentidos, a concentração, a coordenação motora, e as noções de espaço.

Em um cesto baixo e de preferência atrativo, coloque vários objetos do convívio familiar com diferentes texturas, cores, formas, tamanhos e até temperatura para exploração. Bebês e crianças adoram objetos novos! Eu setorizei os objetos, por exemplo: um dia somente itens do banheiro: escova de cabelo, escova de dente, esponja, caixa de sabonete, espelho e embalagem vazia de shampoo. Outro dia Itens da cozinha, itens de uso pessoal da mamãe, itens de uso pessoal do papai, itens da sala, do escritório, itens geométricos, itens de madeira e por aí vai. Fiz com a Clari desde os 4 meses, quando ela já conseguia ficar sentada com apoio. O tempo de duração varia muito conforme o interesse pelos objetos e a disponibilidade da criança, mas normalmente são 40 min. Deixo a caixa à disposição até que ela perca  o interesse. A atividade deve seguir sem a intervenção do adulto, não fique narrando o que está sendo feito. Aproveite o silêncio do bebê descobrindo objetos. Mas é importante saber que é uma atividade para ser feita com supervisão. Cuidado com a escolha dos objetos para não machucar, dê preferencia por objetos grandes que não possam ser engolidos ou por objetos não-cortantes. Se necessário ensine o bebê a investigar o objeto. Pegue, observe, gire e coloque de volta na cesta. Acho uma ótima atividade para o papai fazer com bebê.

Boa descoberta!!! Me contem se gostaram!

Bjos

 

Comments

  1. Josi says:

    Parabéns pelo texto.Muito bom…

Deixe um comentário